top of page

O que é CGC e por que amamos tanto?

Atualizado: 24 de fev. de 2022



Se você compra em brechó, já deve achar completamente normal se deparar com o termo CGC. Mas pra quem está iniciando nesse universo mágico do vintage pode ser que a dúvida apareça: mas afinal, o que quer dizer a sigla CGC nas etiquetas? E por que ele é tão amado pelos brechós vintages e caçadoras de raridades?


CGC significa: Cadastro Geral de Contribuintes. Um registro de pessoas jurídicas criado em 1964 sendo obrigatório para as empresas. Em 1998 foi criado o CNPJ: Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas, que continua valendo até hoje.


Mas o que tem a ver CGC com vintage? Bom, para uma peça de roupa ou objeto ser considerado vintage ela tem que ter no mínimo 20 anos de idade. E se ela tiver o famoso CGC na etiqueta é a comprovação de que foi fabricada entre os anos de 1964 e 1998 (a exata duração da sigla). Acaba sendo uma prova oficial de que ela é vintage mesmo, e não só possui somente um estilo retrô.


Na moda, a palavra vintage tem relação com o resgate de estilos emblemáticos. É o melhor feito em cada época, seja nos anos 60, 70, 80, 90 e até os anos 2000 já entrou para a categoria vintage. Mas aí você pode se perguntar: e as roupas vintages dos anos 00, como identificá-las se não possuem mais o CGC e sim o CNPJ que é usado até hoje? Com olhar treinado você consegue encontrar sinais de que ela é vintage. Desvendamos todos os segredos pra você neste post: Como identificar uma peça vintage que não possui CGC na etiqueta?



Aqui na Slow Moon já encontramos inúmeras peças com CGC na etiqueta e outras tantas vintages que não possuíam a sigla. É sempre uma alegria encontrar essas raridades e se não quiser perder nenhum achado, é só seguir a gente no Instagram.


Beijo.



Por Sarah Vianna.

Criadora da Slow Moon, publicitária e redatora.

4.983 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page